Proposta do curso de Microeconomia

Por que combinar aulas expositivas dadas por um especialista da carreira com um programa de mentoria voltado para a escrita de textos?

Que a verdade seja dita: atividades passivas, meramente expositivas, por si só, não preparam o candidato para os desafios reais enfrentados no momento da prova. Se, por um lado, a exposição a grande volume de informação pode até ser útil na etapa objetiva do CACD, em que é testada a competência de julgar assertivas de acordo com a lógica e com a coerência dos dados, por outro, o mero consumo de material não prepara o cacdista a desenvolver a capacidade de expressão, articulação e persuasão sobre o assunto estudado.

A aprovação no concurso depende, portanto, da apresentação à banca examinadora, por parte do candidato, de uma narrativa própria, interessante e rica em conteúdo, o que só a prática da escrita — alimentada por um arcabouço de conhecimentos, pontos de vista e argumentos de qualidade — pode proporcionar.

Seguindo o método do princípio da especificidade, sistematizado pelo diplomata Marcílio Falcão, o curso não só entregará ao candidato essa perspectiva sofisticada e privilegiada de um dos maiores especialistas da área econômica do Itamarty, o diplomata condecorado e professor Helio Silva Filho, quanto proporcionará um ambiente de cooperação entre os alunos com vistas à produção orientada de textos colaborativos sobre os tópicos tratados em cada aula do curso de Microeconomia, que é, como sabem, o campo da Economia mais técnico e menos descritivo.

Os cacdistas Ubique receberão, ao longo do curso, sugestões bibliográficas para aprofundamento dos temas, estudos de caso, bem como proposições de questões discursivas com vistas à prática de produção textual. Seus textos poderão, ainda, ser corrigidos de maneira personalizada por diplomata do Grupo Ubique, mediante contratação de serviço de correções em formato pague-por-uso.

Conheça os professores do seu curso

Helio Silva Filho

Diplomata, professor e mestre em Economia

Helio Silva Filho é Conselheiro da carreira de diplomata, condecorado no grau de Comendador da Ordem de Rio Branco. Mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), onde deu aula nos cursos de graduação em Economia e Administração. Foi também professor assistente no curso de formação do Instituto Rio Branco (IRBr).

Como diplomata, serviu, no exterior, na Delegação Permanente junto à Organização Mundial do Comércio, em Genebra, nas Embaixadas do Brasil no México e no Paraguai. Em Brasília, especializou-se nas áreas relacionadas ao Comércio Internacional, Promoção Comercial, MERCOSUL e acesso a mercados.

Marcílio Falcão

Diplomata, professor e jornalista

Marcílio Falcão é primeiro secretário da carreira diplomática.

Foi subchefe do Pessoal do Ministério das Relações Exteriores, cônsul adjunto em Barcelona, chefe dos setores de Política Externa, Temas Sociais e Ciência e Tecnologia da embaixada em Assunção e atualmente está lotado na embaixada em Luanda.

Autor, entre outros, de O Guia de Reprovação para o CACD e de O Princípio da Especificidade na Preparação para o CACD.

Professor há mais de duas décadas e consultor da área de concursos públicos de altíssima concorrência, criou o Grupo Ubique com o objetivo de reunir projetos dirigidos à preparação para o CACD.

O que está incluído no curso

Conheça os serviços a que você terá direito ao matricular-se no curso de Microeconomia para o CACD, do diplomata e professor Helio Silva Filho. Beneficie-se de fazer parte da rede de apoio dos alunos do Grupo Ubique e obtenha descontos especiais em programas futuros.

  • Aulas de orientação para o estudo de todos os temas relativos a Microeconomia, que é a parte mais técnica e menos descritiva da matéria de Economia

  • Sessões de mentoria com o diplomata Marcílio Falcão

  • Masterclass do professor Helio Silva Filho sobre como brilhar na prova de Economia do CACD: o que a banca espera dos candidatos e as melhores práticas, técnicas e métodos de estudos

  • Apresentação de bibliografia sugerida para aprofundamento em cada uma das aulas

  • Inscrição gratuita em módulo de produção textual supervisionada, em que os alunos do curso cooperam para produzir apostilas sobre os tópicos vistos em aula

  • Proposição de questões para aprofundamento dos temas de aula e treinamento para a etapa discursiva da prova

  • Possibilidade de solicitar correção individualizada de seus textos em resposta às questões sugeridas, mediante compra de créditos de correção

  • Desconto de 50% na matrícula para o módulo de simulados objetivos e de resolução comentada de questões de Economia

Programa do curso

Veja a seguir o que você vai aprender durante o curso de Microeconomia para o CACD


MASTERCLASS — Como brilhar na prova de Economia para o CACD: melhores práticas, métodos e técnicas de estudo;
AULA DE APRESENTAÇÃO DO CURSO — Qual o objeto de estudos da Microeconomia e como ela existe na vida real;
MÓDULO 1 — Demanda do Consumidor; Preferências; Equilíbrio do consumidor; Curva de demanda; Elasticidade-preço e elasticidade-renda;
MÓDULO 2 — Oferta do Produtor; Fatores de produção; Função de produção; Elasticidade-preço da oferta.
MÓDULO 3 — Tipos de Mercados e de bens; Concorrência perfeita, monopólio e oligopólio; Determinação de preços e quantidades de equilíbrio; Tipos de bens; Bens públicos; Bens rivais; Recursos comuns e Bens comuns; Externalidades.
AULA AO VIVO — Recapitulação e debate sobre os temas de Economia Internacional e fechamento do curso.

Seis razões principais para você se matricular neste curso

"Nada faz mais sentido do que se preparar da forma como será cobrado na prova."
— Princípio da especificidade.

  • Aprenda Economia com um diplomata

    Conheça a perspectiva de um diplomata e professor sobre a parte mais técnica do conteúdo de Economia por meio de exemplos e estudos de caso que conectam a parte teórica da matéria com a realidade do mundo. Como se sabe, o Itamaraty cada vez mais tem recorrido a diplomatas para compor a banca examinador. Ninguém melhor que um dos maiores especialistas no assunto para ajudar você na preparação.

  • Uma reunião ao vivo com o professor Helio Silva Filho

    Os candidatos terão uma sessão ao vivo com o professor do curso ao término do programa.

    O encontro têm o objetivo de dirimir dúvidas sobre os assuntos e de troca de informações sobre os próximos passos depois do curso.

  • Construção de apostilas e debates em grupo na Ubwiki

    Faça parte de um grupo exclusivo de estudo para aproveitamento máximo do conteúdo das aulas. Produza artigos e apostilas compartilhadas sobre a matéria do curso e desenvolva sua capacidade de expressão sobre os temas estudados, produzindo uma narrativa própria e interessante, com maiores chances de "seduzir" a banca examinadora.

  • Possibilidade de correção personalizada de seus textos e redações sobre a matéria do curso

    Você poderá adquirir, com desconto, créditos para solicitar comentários, por diplomatas, de textos que você escrever na plataforma de estudos do Grupo Ubique, a Ubwiki. Sua primeira compra de novos créditos para correção pay-per-use será com 10% de desconto.

  • Sessão de mentoria ao vivo com o diplomata Marcílio Falcão

    Acesso a 1 aula de mentoria, ao vivo e em grupo, com o diplomata Marcílio Falcão sobre planejamento, organização, métodos e técnicas de estudo orientadas pelo princípio da especificidade, popularizado pelo blog Praeterea, que demonstra como o candidato deve se preparar com atividades de estudo análogas à situação de prova.

  • Desconto de 50% no programa de resolução comentada de questões objetivas

    Será oferecido desconto especial de 50% na matrícula no programa complementar que será lançado ao término dos cursos de Economia, com vistas à resolução comentada de questões.

Perguntas & Respostas

Informações úteis sobre as aulas, o método, o programa, o acesso aos vídeos e o processo de matrícula.

  • Por que estudar Microeconomia com um diplomata?

    A banca examinadora do CACD costuma incluir diplomatas em todas as matérias. O professor do curso é um dos maiores especialistas do Itamaraty em comércio internacional, Mercosul e acesso a mercados, além de ter trabalhado no Ministério do Planejamento. É mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), com experiência docente em cursos de graduação de economia e administração da USP, do Instituto Rio Branco (IRBr), além de curso específico para o CACD. Microeconomia é a parte mais técnica e menos descritiva da Economia. É necessário que o candidato consiga criar pontes entre o conhecimento teórico e as aplicações da microeconomia no mundo real. Ninguém melhor que um diplomata com as qualificações do professor do curso para iluminar esse caminho.

  • O curso cobre toda a matéria para o CACD?

    Sim. O curso abordará todos os assuntos previstos tanto no último edital vigente. Caso haja novos temas incoporados pelo edital de 2020, o que é improvavel, no caso de Microeconomia, o professor fará módulos extras, sem custos, a fim de explorar os novos tópicos.

  • Qual a importância da Microeconomia no CACD?

    Tomando-se por base o último edital do CACD, o programa de Economia está divido em: 3 temas de Microeconomia; 8 temas de Macroeconomia; 3 temas de Economia Internacional; 9 temas de História Econômica Brasileira. Apesar de ser aparentemente o macrotema menos extenso do edital, o estudo da Microeconomia é um dos que apresentam maiores desafios, dada sua natureza técnica, ou seja, não permite "chutes" ou "enrolação" a quem não conhece o conteúdo. A parte teórica da Microeconomia quase nunca demontra o casamento entre os textos e a vida real, o que piora a situação. A apresentação dos temas por meio de estudos de caso, apresentados por um professor que também é diplomata, dará ao candidato a sensação de aprender algo que de fato existe no mundo real, refinando sua capacidade a analítica e de compreensão da realidade.

  • Como está organizado o curso?

    O curso é composto de:

    i) Aulas expositivas do professor e diplomata Helio Silva Filho;

    ii) Cada aula é complementada por um módulo de produção coletiva e individual de textos, por parte dos alunos, em plataforma própria, além de debates. Os textos públicos serão supervisionados pelos professores do Grupo Ubique ao longo do programa;

    iii) Sugestão bibliográfica para aprofundamento do conhecimento dos temas abordados em aula;

    iv) Proposição de questões discursivas de aprofundamento.

  • Em que momentos poderei interagir com os professores?

    Há dois tipos de interação:
    AO VIVO: Durante uma aula ao vivo com o professor Helio ao término do programa.
    POR ESCRITO: Estará habilitado um fórum para apresentação de perguntas. O professor fará uma seleção das mais importantes e montará uma página com respostas, que ficará anexa às aulas e poderá ser acessada a qualquer momento, mesmo após concluído o curso.

  • Até quando terei acesso ao curso?

    O curso ficará liberado por um ano a partir da sua matrícula. O módulo de produção textual, por outro lado, é de acesso permanente, ou seja, pode ser acessado enquanto a ferramenta de construção coletiva da Ubwiki existir. Em caso de reprovação, está prevista uma extensão do acesso seis meses, mediante novo pagamento equivalente, com 50% de desconto.

  • Posso fazer a matrícula depois do início, sem prejuízo?

    O candidato pode matricular-se no curso a qualquer momento, sem prejuízo ao conteúdo, podendo acessar qualquer aula sem restrições.

  • Como terei acesso às aulas gravadas e às atividades de estudo depois de matriculado(a)?

    O acesso ao curso é liberado em até algumas horas após a confirmação da matrícula. O curso poderá ser acessado a partir de seu painel de cursos.

  • Como faço para ganhar um desconto maior?

    Caso tenha conhecidos com interesse em fazer o curso, diga-lhes que informe, por e-mail, que adquiriram o curso por indicação sua, e ofereceremos, como cortesia, 10% de desconto para cada matrícula indicada. Para mais informações, escreva para info@grupoubique.com. E se você for nosso aluno de mentoria individual, possui um desconto de 15%.

Este curso é para mim?

Veja a seguir se o curso é recomendado para o seu estágio de preparação e como tirar melhor proveito dele:

  • Sou iniciante, ou seja, começei há pouco tempo, sequer comecei, ou estou retomando os estudos depois de muito tempo parado(a):
    — A razão mais forte para você seguir este curso é justamente o fato de que você tem o tempo a seu favor. Sua preparação é de médio prazo e você não tem a urgência de digerir rapidamente todo o conteúdo. Pode degustá-lo, no seu ritmo. Aproveite o curso para estruturar suas apostilas pessoais sobre os temas vistos nas aulas. Não se preocupe em avançar nas aulas antes de ter escrito algo a respeito, nem que seja um resumo. Para sua tranquilidade, esses textos progredirão junto com sua maturidade intelectual. Você os modificará ao longo de toda sua preparação! E é justamente o conteúdo apresentado nas aulas que vai lhe dar a matéria prima para você refinar esses textos!
  • Sou intermediário, ou seja, já vi todo ou quase todo o edital, mas não consigo ainda produzir uma versão dos assuntos que estudei com a qual esteja satisfeito(a).
    — Sua prioridade, nesse momento, deve ser a de terminar o estudo do conteúdo do edital (se ainda não fez) e desenvolver sua capacidade de argumentação e expressão sobre os assuntos de prova. Entende que o amadurecimento de sua compreensão sobre os temas toma tempo mesmo. Dedique-se menos ao consumo de informação e mais à produção de conhecimento: o input vs output, de que tanto se fala no método Ubique! É uma questão de expectativa: se você tem a pretensão de passar na próxima prova mesmo sem ter estudado profundamente os principais assuntos do edital, o caminho é difícil. Os aprovados levam em média 4 anos e meio na preparação! Recomenda-se que selecione os macrotemas em que ainda se sente inseguro(a) e trate de se aprofundar neles, sobretudo, expondo-se a materiais de qualidade e dedicando-se à escrita de textos. Se um desses assuntos estiver contido neste curso, será uma ótima oportunidade para trabalhar tanto no aspecto do refinamento de sua compreensão quanto de sua produção escrita a respeito do(s) tema(s).
  • Sou avançado, ou seja, sinto que chegou minha hora! Já cheguei perto de passar ou já vi todo o conteúdo do edital com profundidade, tendo produzido textos de alta qualidade sobre os principais temas cobrados:
    — Você sabe que a aprovação no concurso de diplomata nada mais é que um exercício de persuasão da banca examinadora, não é? Essa "sedução" se dá por meio de seu texto, que precisa ser bem estruturado, articulado, expressivo, rico em conteúdo, interessante e original. As perspectivas que serão apresentadas pelo(s) professor(es) contribuirão para o seu domínio de vários desses critérios, ajudando a refinar a narrativa que você já criou sobre os temas cobrados. A razão para você não fazer este curso seria caso considere que esta matéria não faz parte daquelas em que tem mais dificuldades. Se for o caso, não faça este curso e priorize as matérias das que não conseguiu ainda desenvolver uma versão pessoal e original dos temas de prova. Aproveite e veja se temos outro curso ou programa que cumpra esses requisitos.

Já me decidi...

...quero aprender Microeconomia de acordo com o princípio da especificidade...e a construir uma narrativa interessante e persuasiva sobre os temas de prova, com um dos maiores especialistas da área econômica do Itamaraty!

Recomendamos ainda...

Quer receber novidades do Grupo Ubique e receber descontos especiais?

Informe seu e-mail para ser notificado sobre cursos, programas, descontos e sobre a publicação de artigos e de material gratuito voltado para o CACD.